Pages

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Em nós.

                                                  
                                               
  "lugar que tem chuva, tem felicidade
        Amor que não chora, não sente saudade."

                                                                                                                Luiz Gonzaga


Nestes últimos dias contando os meus segredos ao ar com um “Q” de criança que fala sozinha. Não procuro minhas maiores emoções, pois elas estão ali tão junto a mim que me perco. Estou há algum tempo em uma condição de amar, e isso às vezes me causa espanto!

Sinto uma pancada, um aviso urgente de ser feliz. Gosto quando me amas em palavras, quando sutilmente me guia a uma arrebatadora exultação. Então derramo uma lágrima em silêncio, pois em mim grita de saudade. Vejo a casa vazia, inerte permaneço a fim de continuar, até que venhas e me tire dessa petrificação.

Petrifico-me sim, assim exageradamente. Deixo de lado todas minhas tarefas rotineiras, deixo serenar todos meus outros sonhos, para que o essencial me envolva intimamente me deixando muda.

Choro, quando minha alma pede colo, não me prive de seu olhar, que pulsa os meus. São neles que me amas e me abala sem esforço algum. Em tua presença entrego meu ar, minha vida sem ordem alguma. Ofereço-te meus instantes e surpreendo.

Sou extrapolada por inteiro. Dramática ao extremo. Preciso de você de um modo catastrófico como se hoje fosse o ultimo dia da terra, como se o mundo parasse sua rotação em longo tempo e somente girássemos, fazendo nós. Entrelace nossos dedos e vamos continuar essa nossa sina, desse nosso ser, de sermos nós. 

                                                                                                                   Bruna Fávaro


"Não há nada em lugar
Nenhum!
Que vá crescer

Sem você chegar
Longe de ti
Tudo parou..."




                                               Djavan

11 comentários:

  1. Lindo.
    "...nossa sina é se ensinar...a sina nossa é..."

    Um beijo. Encantado com as palavras.

    =**

    ResponderExcluir
  2. Sina??

    Não sei se é sina, sonho, solidão...
    Sei que fica, fala, fabrica realidade!

    E você, menina de amora, você podia parar de me revelar...Isso está quase uma reality show literário.


    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Achei aqui bem fofo e tô seguindo!
    Se puder segue o meu também?

    http://amar-go.blogspot.com/

    - obg desde já :)

    ResponderExcluir
  4. Achei Lindo, como achei todos os outros por aqui... Ja estou seguindo e com certeza vou continuar vendo seus posts.

    Se possível, da uma passadinha no meu blog?

    devaneiosdeumamenteadolescente.blogspot.com.

    ResponderExcluir
  5. parabéns pelo blog,
    linda postagem flor *-*

    segundo aqui,
    beijos. emely :*

    ResponderExcluir
  6. Me perco no seu blog
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    :D

    ResponderExcluir
  7. Oi Bruna, adorei te ler, ótimo texto!

    Estou te seguindo.

    Deixo um convite, se quiser me ler também, me seguir...

    http://retalhosdoquesou.blogspot.com

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Menina que belas palavras*o*
    Nossa me identifiquei muito com seu blog !
    este é o meu
    http://sao-coisas-de-garotas.blogspot.com/
    bjoos. de sua NOVA seguidora ;]

    ResponderExcluir
  9. Nossa, linda postagem. Te seguindo. Depois visite o meu blog, http://deletrasasentimentos.blogspot.com/

    Sempre estarei aqui!

    ResponderExcluir
  10. Que delícia seus textos!!!
    Acariciam o nosso coração!
    Um beijo da sua mais nova seguidora!!!

    ResponderExcluir

On line

Pesquisar este blog

Postagens populares

Total de visualizações de página